Primary Navigation

Crie um painel de parede interativo com Raspberry Pi

IoT

Que tal transformar seu monitor antigo em um painel de parede conectado com DAKboard?

DAKboard é uma linda interface web que exibe fotografias, clima e outras informações (como eventos do seu calendário ou lista de tarefas do Wunderlist).

Conecte um Raspberry Pi em um monitor é uma das coisas mais fáceis de se fazer. Na verdade, é basicamente isso que você faz quando configura pela primeira vez um Raspberry Pi.

Essa é uma das coisas que torna o DAKboard um projeto tão atraente. Use o DAKBoard para criar um painel de parede interativo.

 

Depois de ter instalado o Raspbian no seu Raspberry Pi.

Conecte-se a uma rede sem fio, para isso clique no ícone de rede na barra de menus e escolha sua rede sem fio.

Agora abra o navegador da web Chromium e configure uma conta em dakboard.com. Você será levado para a interface do aplicativo DAKboard. Antes de prosseguir, clique na guia Opções no DAKboard. Clique no nome da sua conta (no menu à esquerda) e escolha Conta. Veja a parte em que diz “URL”. Você precisará desse URL mais tarde, então minimize o Chrome por enquanto.

Configurar o Raspbian para o DAKBoard

De volta ao Raspbian, escolha Menu> Preferências> Configuração do Raspberry Pi. Certifique-se de que Boot esteja definido como Desktop e que o Login Automático esteja marcado.

Vamos ativar o SSH, por isso, é uma boa ideia clicar em Alterar senha primeiro. Digite uma nova senha para o seu monitor de parede para que você possa acessá-lo remotamente. Escolha Interfaces e defina SSH como Enabled.

Por fim, clique em Localização e em Definir localidade. Assegure-se de que o país esteja definido para a sua localização. Clique em Definir fuso horário e escolha o fuso horário correto para sua localidade; é o UTC (que é o mesmo que o GMT) por padrão.

Agora vamos esconder o ponteiro do mouse depois de alguns momentos de inatividade. Abra o Terminal e digite:

sudo apt-get install unclutter

Em seguida, faça algumas alterações na configuração do sistema.

sudo nano /boot/config.txt

Em seguida, adicione:

# Display orientation. Landscape = 0, Portrait = 1
display_rotate=1

# Use 24 bit colors
framebuffer_depth=24

# Display orientation. Landscape = 0, Portrait = 1
display_rotate=1
 
# Use 24 bit colors
framebuffer_depth=24

Use CTRL + O, ENTER e CTRL + X para salvar e sair do Nano.

Agora, queremos forçar a tela a permanecer ativa e carregar o navegador do Chromium no site do DAKboard durante a inicialização. Digite isso no terminal:

sudo nano ~/.config/lxsession/LXDE-pi/autostart

Exclua o conteúdo do arquivo de início automático e substitua-o por:

@xset s off
@xset -dpms
@xset s noblank
@chromium-browser --noerrdialogs --incognito --kiosk http://dakboard.com/app/?p=YOUR_PRIVATE_URL

Depois de salvar o arquivo e sair do nano, digite sudo reboot o Raspberry Pi será reiniciado e, quando for iniciado, você verá o DAKboard sendo executado no modo de tela inteira (sem um ponteiro do mouse).

O próximo passo é personalizar a interface do DAKboard. Clique em Opções e use as opções Data/Hora, Calendários, Fotos, Tempo e Notícias para personalizar a exibição.

Agora você precisa colocar seu Raspberry Pi na parte traseira do monitor e pendurá-lo na parede.

Dan, da DAKboard, sugere um display IPS: “Você ainda poderá vê-lo quando estiver visualizando em um ângulo maior que 90 graus”, explica ele.

 

 


Lincoln Gomes

Estudante de Administração pela Universidade de Ribeirão Preto Campus Guarujá. Tenho 21 anos e sou apaixonado por assuntos que abrangem tecnologia, finanças e empreendedorismo.