Primary Navigation

Harley-Davidson levará parte da sua produção para fora dos EUA por conta da tarifa

Após as tarifas impostas pela União Europeia, o fabricante de motocicletas Harley-Davidson planeja transferir parte da sua produção para fora dos Estados Unidos. A empresa se posicionou para seus acionistas de modo que, fabricará fora dos EUA as motocicletas vendidas na Europa, com a finalidade de evitar as barreiras tarifárias. A companhia relatou a imprensa americana:

“Aumentar a produção internacional para aliviar a carga tarifária da UE não é a preferência da companhia, mas representa a única opção sustentada para fazer com que as suas motocicletas sejam acessíveis para os clientes na UE e para manter um negócio viável na Europa”, afirmou a Harley-Davidson em uma declaração preparada para seus acionistas.”

Segundo o planejamento da companhia essa mudança de parte da sua produção para fora dos EUA, será efetuada no máximo de 18 meses. Segundo dados da Harley-Davidson, a Europa é o segundo maior consumidor da companhia, ficando atrás somente dos EUA.

 

 

Para saber mais: G1


Lincoln Gomes

Estudante de Administração pela Universidade de Ribeirão Preto Campus Guarujá. Tenho 21 anos e sou apaixonado por assuntos que abrangem tecnologia, finanças e empreendedorismo.

Cotação